segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

"Por causa da crise, este Natal não será tão bom como o dos anos anteriores".

See full size image É o que diz a televisão.
Natal vale pelo consumo que provoca. Isso, porque consumo provoca produção e produção promove riqueza.
Riqueza é o maior valor, acima de todos os outros, é o objetivo de todos e de tudo. 
São Francisco inventou o presépio para lembrar o nascimento pobre de Jesus. A ternura do presépio fez do Natal uma grande festa. Uma grande festa é oportunidade de consumo. Quem quer vender, usa a festa. Mas o menino no presépio é muito pobre, não consome nem ajuda consumir. Por isso ele é aposentado e dá lugar ao papai Noel.

José Luiz Gonzaga do Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário